O ambiente de trabalho é um dos mais nocivos para quem sofre com depressão.

As pressões constantes, prazos, metas, tudo isso pode colaborar de forma negativa para a saúde mental. O cortisol é inimigo da serotonina.

Porém, todos precisamos lidar com as pressões do dia a dia. Parte da cura está em absorver as frustações e convertê-las em auto desenvolvimento.

Para isso serve a terapia, criar um jogo de ferramentas psíquicas com o fim de lidar com tudo isso.

Como depressivos, temos tendência a remoer demais os problemas, ficar mastigando o que nos faz mal por tempo demais. Demoramos a compreender que nem tudo acontece por nossa culpa, ou que não estamos sendo perseguidos.

Porém, no ambiente de trabalho, demonstrar fraqueza ou fragilidade é um erro.

Infelizmente, nestes ambientes, existe um tipo de pessoa que vibra com a fraqueza dos outros e adora fazer de tudo para piorar a situação delas.

Gente tão ruim, sádica e mesquinha, que vai se esforçar para quebrar de vez a psiquê já fragilizada de alguém com o emocional doente.

E o pior, a troco de nada. Nada além de um prazer pessoal de ver alguém destruído.

Sei o quanto é difícil para o depressivo partir para o confronto, mas eu faço a vocês um apelo. Não deixe esse tipo de gente acabar com você. Reclame com alguém responsável: RH, superiores, quem for.

Enquanto ficarmos quietos, isso nunca vai acabar.