Após escrever o último artigo, um bichinho me picou.

Como retomar as rédeas de uma vida sem controle?

Confesso não ter encontrado uma resposta.

Após publicar o texto, até conseguir ser produtivo e realizar algumas coisas. Por duas horas.

Depois já bateu aquele peso todo, o cansaço, a cabeça embotada.

Provavelmente abracei mais do que conseguia.

Esse é o problema-mor quando a energia vem. A falta de capacidade de dosar. Queimo tudo muito rápido. Aí vem a ressaca, e com ela a frustração de não ter cumprido tudo que queria.

E com frustração, vem a depressão.

E pra deprê ir embora, demora.

Como seguir em frente, como produzir, como ser alguém, quando a menor frustração é capaz de te colocar em um coma intelectual de dois dias?

Isso deve ser falta da tal resiliência, falta de fortitude mental.

A mente do depressivo é frágil, a autoestima inexiste.

Como se manter firme em frente aos desafios dessa forma?

Tudo desmorona tão fácil. Mesmo quando estou no caminho certo, persistir é um parto e um fardo.

Você também enfrenta isso? Vamos conversar!

Me chama na dm do Instagram @aventuras de um depressivo.